arte
arte

FOTÓGRAFOS REALIZAM A EXPOSIÇÃO INÉDITA VÍSCERAS PAULISTANAS E REALIZAM DOIS WORKSHOPS DE FOTOGRAFIA NOTURNA

Por Cartaz Comunicação
Fotos Divulgação


São Paulo, dezembro de 2009 – No último sábado, 5 de dezembro, o Cartel011 apresentou a exposição Vísceras Paulistanas, que comemora cinco anos do Coletivo Rolê, em cartaz até 16 de dezembro. Além disso, o coletivo promove dois workshops de fotografia noturna nos dias 10 e 15 do mesmo mês.

A exposição Vísceras Paulistanas marca a trajetória do coletivo formado por Carlos Pereira Junior, Cauê Ito, Charlie Oliveira, Eduardo Castello, Fábio José, João Sal, Lucas Pupo, Maíra Acayaba, Marcos Cimardi, Paulo Batalha, Pedro Ianhez, Renato Missé e Ronaldo Franco. Ela consiste em um recorte de tudo que foi produzido pelos fotógrafos a partir da definição de um tema comum à maior parte do trabalho: “como os órgãos internos do corpo, as Vísceras Paulistanas trazem uma visão que foge aos clichês de imagens da cidade”, conta Ronaldo Franco.

arte

“Revelamos um corpo urbano, com suas veias, artérias, vias respiratórias, estômago, fígado, intestinos e todas as mazelas que o caracterizam. Víscera é o anti-cartão-postal. É o trabalho nos bastidores, que pouca gente vê, mas que não deixa a cidade parar”, relata Paulo Batalha. Trata-se de cinco anos de fotografia pela noite paulistana em que o resultado é uma São Paulo dissecada.

Além de expor suas 35 fotografias, 7 backlights e projeções em vídeo, o Coletivo Rolê promove dois workshops (10 e 15 de dezembro) de fotografia noturna em São Paulo em que os participantes vivenciarão a experiência de caminhar pelas ruas e becos da cidade e observar com atenção o movimento de pessoas, as cores e as texturas particulares da noite paulistana. O objetivo é mostrar ao participante como trabalhar o olhar fotográfico sobre lugares que, durante o dia, parecem comuns mas que ganham novas possibilidades de leitura durante a noite.

arte

Para participar, é necessário ter um tripé e qualquer tipo de câmera em mãos. O grupo se encontra no Cartel011, às 20h, para um bate-papo sobre técnicas de fotografia noturna e de longa exposição. Em seguida, os participantes se unem ao Coletivo Rolê para decidir o trajeto e não há um período especifico.

Os interessados devem se inscrever pelo e-mail role@cartel011.com.br até dia 8 de dezembro ou até esgotarem as vagas, e a capacidade é de 20 pessoas por grupo. A taxa é de R$ 70,00 por dia e os workshops são independentes.

Coletivo Rolê de Fotografia

O Coletivo Rolê surgiu em 2004 da iniciativa de alguns amigos fotógrafos de retratar São Paulo à noite despretensiosamente, por diversão. Sempre se reuniam num bar e, lá mesmo, decidiam o destino do grupo e saiam para capturar imagens em algum bairro de São Paulo. Já realizaram mais de 50 rolês por diversos bairros de São Paulo, desde o Largo 13 até Vila Nova Cachoeirinha.

São 13 componentes: Carlos Pereira Junior, Cauê Ito, Charlie Oliveira, Eduardo Castello, Fábio José, João Sal, Lucas Pupo, Maíra Acayaba, Marcos Cimardi, Paulo Batalha, Pedro Ianhez, Renato Missé e Ronaldo Franco. E o grupo busca na noite paulistana formas e cores que só são percebidas na ausência da luz do sol, bem como os personagens que a compõem: policiais, mendigos, prostitutas, comerciantes, loucos, baladeiros, enfim, gente que conquista seu espaço na noite e encontra ali uma forma de sair da invisibilidade que é viver à margem do horário comercial de uma metrópole do tamanho de São Paulo.

O material produzido durante os rolês está no site do coletivo www.role.art.br . As fotos não possuem autoria individual, descentralizando desde o clique até a edição do trabalho.

Sobre o CARTEL011

O CARTEL011 surgiu da necessidade de transformar o ambiente urbano, proporcionando um local de convivência que une conteúdo de diversos segmentos, além de promover ações para artistas e marcas, com o objetivo de sempre surpreender o público. Trata-se de uma nova proposta de ‘recipiente multidisciplinar’, para promover a expressão plural no âmbito das artes, design, arquitetura/ decoração, tecnologia, moda, fotografia, música, comunicação e gastronomia. O núcleo tem como princípio básico a ação de atrair e abrigar pessoas, expressões, culturas e idéias misturando, combinando e dando suporte para novos agentes criativos. “Queremos socializar, ser um ponto de encontro real para todas as redes sociais do mundo virtual e promover o contato humano, real, arremata Cristian Resende.

A idéia é trazer marcas e parceiros para dentro da 'casa' e oferecer uma cartela de idéias e programações inusitadas, funcionando como um núcleo que pensa e faz acontecer, apoiado na expertise dos criadores do CARTEL011. Sob comando dos três sócios, Cristian Resende, Daniel Ueda e Fernando Sapuppo, o CARTEL011 vai concentrar espaços e agentes variados, oferecendo inúmeras oportunidades para seus clientes e expectadores, desde arte, design, moda, cenografia, beleza, gastronomia, audiovisual, música etc, com profissionais disponíveis para consultorias e prestação de serviços. Quando necessário, o cliente poderá usufruir de uma consultoria completa dentro dos diversos segmentos apresentados pelo núcleo. Além disso, o público em geral também contará com momentos de apreciação de todas essas manifestações artísticas.

Para abrigar o CARTEL011 o espaço foi escolhido a dedo e fica à Rua Artur de Azevedo, 517, em Pinheiros, entre as ruas João Moura e Cristiano Viana. A arquitetura recuperada do imóvel de linhas retas e simples, assim como sua localização específica: um “off-Jardins”, menos ostensivo e mais aconchegante como numa “vida de bairro” foram fatores decisivos, em uma referencia à região do Soho x Nolita, em Nova York.

A identidade do CARTEL011 é baseada em ativar a criação e a interação:

+ CARTEL: ação de atrair, somar, agregar, misturar, combinar, questionar e criar algo novo, forte e com força motriz suficiente para criar um movimento jovem impulsionando novas linguagens, formatos e tendências criativas;

+ 011: urbanidade e dinamismo. O espaço tem como quintal a cidade de São Paulo, pólo de todas as expressões criativas do país, em movimento constante, mutação e diversidade por natureza. Seguindo esse preceito, a idéia é buscar novas referências, difundindo culturas emergentes e desafiar as convenções.

Vísceras Paulistanas

Cartel011 – Rua Artur de Azevedo, 517, Pinheiros

Exposição de 7 a 16 de dezembro de 2009, de segunda-feira a sábado, das 18h às 22h

Workshops: 10 e 15 de dezembro
Valor: R$ 70,00 por workshop
Vagas: 20 pessoas por workshop

Inscrições até dia 8/12: role@cartel011.com.br
Ponto de encontro: Cartel011, às 20h

Use roupas leves e confortáveis

Os equipamentos são de responsabilidade dos inscritos.

 

 
 
imprimir