entrevista

BARBARA BERGER

Por Unit Team
Foto Josefina Bietti

A top paranaense, radicada em Nova York, estreou nas passarelas da SPFW em 2004 e hoje integra o casting da Ford Models, e é presença constante nos principais desfiles, editoriais e campanhas nacionais e internacionais.
Entre seus inúmeros trabalhos, estão desfiles para grifes, como Diane Von Furstenberg, Vivienne Westwood, Thakoon, Cynthia Rowley, Givenchy, Hermès, Jean Paul Gaultier e Donna Karan, além de campanhas para as marcas Empório Armani, Ellus Jeans Deluxe e Rosa Chá. Destaque em publicações como GQ Brasil, Vogue e Elle, Barbara Berger; estampa a capa e o recheio da nossa edição dedicada ao cinema.

Quem abriu as portas e ofereceu apoio para a realização do seu sonho de se tornar modelo?
Várias pessoas me ajudaram no início. Desde a minha agência, Ford Models, até minha família. Todos sempre me apoiando muito e acreditando na minha carreira.

Qual foi sua maior dificuldade na carreira?
Tornar-me independente, criar responsabilidades que, até então, eu não tinha. É o sonho de todo adolescente sair de casa cedo, mas, quando isso acontece, é um pouco assustador.

Em algum momento, pensou em desistir de tudo?
Várias vezes pensei em largar tudo, mas são momentos, e, como disse antes, sempre tive alguem me apoiando e me ajudando a passar por esses momentos.

Um trabalho inesquecível?
Tenho vários trabalhos que nunca vou esquecer, como o primeiro desfile, editorial, capa de revista... cada trabalho acaba sendo especial e de uma certa maneira inesquecivel.

Dos inúmeros fotógrafos para quem já posou, qual deles você considera o melhor?
Trabalhei com muita gente legal, acho dificil dizer um que considere o melhor. Às vezes, você acaba criando uma intimidade maior com algum deles, mas cada um tem sua maneira de fotografar e de te olhar através da câmera.

Nova York para morar e trabalhar. E para o lazer?
Nova Iorque é o centro de tudo. Tudo que você quiser fazer lá tem: parques, museus, restaurantes, teatros, compras... tudo do melhor.

O que mais lhe dá saudades quando se está fora do Brasil?
Com certeza, da minha família. Nada como estar em casa ao lado dos que te amam de verdade

RAIO- X

Um lugar? Minha casa.

Não fica sem? Água.

Se não fosse modelo, seria? Bióloga.

No nécessaire? Água termal.

Não usaria nunca? Calça saruel.

Seus ídolos? Meus pais.

No seu iPod? Rock.

 
 
imprimir