greenlife  
jeans eco foto

 

JEANS ORGÂNICO
Por Luciana Mattiussi

Se você é daqueles que acreditam que não basta apenas reciclar o lixo para fazer do mundo um lugar melhor, este é o seu espaço. A cada edição, mostraremos que a sustentabilidade vai muito além de separar latas e plásticos e que todos nós podemos, sim, fazer a nossa parte sem maiores interferências no dia-a-dia. E para abrir a seção em grande estilo, nada melhor do que falar de moda. Uma dica bem simples é trocar o velho e bom jeans por uma versão eco.

“No caso do jeans orgânico, todo algodão utilizado em sua elaboração é cultivado em terras que não tiveram contato com agrotóxicos durante três anos, além de todo o beneficiamento ser feito em maquinário separado para garantir que este algodão realmente não entre em contato com produtos químicos”, explica o gerente de marketing da Levi’s no Brasil, Maurício Busin. A não utilização de agrotóxicos significa na prática que tanto a terra onde o algodão é produzido como as pessoas que trabalham com ele não sofrem corrosões e doenças, respectivamente.

jeans eco

A primeira investida da Levi’s na produção sustentável foi durante a década de 90, mas naquela época as pessoas ainda não estavam preparadas para a novidade e ela foi retomada há alguns anos. No Brasil, porém, o consumidor ainda precisa de uma maior conscientização. “Apesar de estarmos sentindo um crescimento na busca de produtos verdes, o brasileiro está menos preocupado com estas questões que o europeu, por exemplo. Na linha européia, além do jeans orgânico, todos os aviamentos são recicláveis, eles utilizam materiais como o coco para botões”, conta Busin.  

Mas a preocupação com a natureza não é o único item da moda correta da marca. Para ser sustentável de verdade, ela também aposta em práticas sociais. “A responsabilidade social é primordial. A Levi's possui um manual de regras relacionados a este ponto que todos os fornecedores precisam estar adequados para poder fornecer para a marca. Pontos como estar com todos os funcionários registrados, não empregar mão de obra infantil, realizar tratamento de afluentes e não utilizar produtos agressivos a saúde, entre outros”. 

Fazer o certo, proteger a natureza e ainda se vestir bem deveria ser a cartilha de qualquer fashionista. 

 

 

 
wwf
 

imprimir