greenlife
greenlife

WAL-MART E NOVE EMPRESAS FORNECEDORAS APRESENTAM PRODUTOS COM MENOS IMPACTOS AMBIENTAIS

Por: Unit Team
Fotos: Divulgação

Consumidores conhecerão ganhos ambientais desses produtos, como menor consumo de água ou energia no processo produtivo
Os consumidores brasileiros preocupados com os impactos de seu consumo terão a oportunidade de obter mais informações sobre alguns produtos que consomem. O Walmart Brasil (parceiro do Instituto Akatu) e um grupo de empresas fornecedoras lançaram o projeto “Sustentabilidade de ponta a ponta”, no qual dez produtos tiveram inovações ou alterações significativas em seu processo produtivo para reduzir os impactos ambientais. Essas mudanças serão informadas aos consumidores na hora da compra.

“O objetivo era desenvolver uma linha de produtos que reduzissem os impactos socioambientais em seus ciclos de vida, com resultados mensurados, transparentes e passíveis de verificação”, disse Marcelo Vienna, vice-presidente de Marketing do Walmart Brasil, no evento de apresentação do projeto. As mudanças vão desde o lançamento de produtos orgânicos até alterações nas embalagens e na logística de transporte, o que permite, por exemplo, economia de água, de energia e de combustível.

Daniela de Fiori, vice-presidente de Sustentabilidade e Assuntos Corporativos do Walmart Brasil, lembrou que uma das grandes dificuldades do programa de sustentabilidade da rede de varejo é incorporar produtos com características sustentáveis. “E o maior desafio é como comunicar essas características sustentáveis para o consumidor de maneira clara, precisa e consistente”, afirmou Daniela.

greenlife

Uma iniciativa do Walmart em nível mundial foi a criação de um índice de sustentabilidade, que tem o objetivo de resumir em um número de fácil compreensão as informações complexas sobre os impactos do processo de fabricação e transporte dos produtos Lançado no ano passado, o índice só deverá estar disponível nas lojas em 2014. “Nosso sonho é ver o consumidor entrar na loja, olhar o índice que indica o impacto ambiental dos produtos, comparar e escolher os que provocam menor impacto”, diz Daniela.

Para Héctor Núñez, presidente e CEO do Walmart Brasil, esse tipo de informação se tornará cada vez mais fundamental: “À medida que o consumidor tiver acesso à informação sobre produtos mais sustentáveis, terá preferência por esses itens. A escolha do consumidor passará por impactos do produto no meio ambiente e pelo compromisso das empresas com a sustentabilidade do planeta”.

Veja abaixo a lista de produtos do projeto “Sustentabilidade de ponta a ponta”, com as respectivas inovações e ganhos ambientais. Com exceção do sabão TopMax, que é marca própria do Walmart, todos os outros produtos serão vendidos não só nas lojas da rede Walmart, mas em qualquer ponto de venda de varejo no Brasil.

greenlife

Toddy Orgânico (Pepsico)
• Utilização de 100% de cacau e açúcar orgânicos certificados
• Uso de matéria-prima certificada pelo FSC - Conselho Brasileiro de Manejo Florestal, para produção do rótulo do produto
• Menor emissão de gases de efeito estufa
• Eliminação do uso de queimadas para colheita da cana-de-açúcar utilizada para produção de Toddy Orgânico

Matte Leão Orgânico (Coca-Cola)
• Uso de 100% de erva mate orgânica, atestando a não utilização de fertilizantes químicos ou pesticidas no seu cultivo
• Uso de material 100% reciclado na embalagem do produto, sendo 30% reciclado pós-consumo
• Redução da emissão de CO2 no transporte da erva mate pelo uso de 10% de biodiesel
• Redução de 90% na quantidade de tinta de impressão na embalagem do produto
• Comunicação na embalagem sobre o ciclo de vida do produto, desde a sua produção até chegar ao consumidor final
• Redução de 23% no consumo de energia e de 36% no consumo de água no processo de produção

Esponja de banho de Curauá (3M)
• 42% de incorporação de matéria-prima de fonte renovável (fibra de curauá e cordão de algodão)
• 198% de aumento no uso de material reciclado com adição de fibras PET e caixa de papelão, ambas 100% recicladas
• 44% menos matéria-prima consumida na produção das embalagens do produto e das caixas de transporte
• 32% de redução na geração de resíduos sólidos, devido ao desenho inovador da esponja que permite um melhor aproveitamento da manta de fibra
• 52% de redução no consumo de energia elétrica no processo industrial
• Uso de matéria-prima certificada pelo FSC - Conselho Brasileiro de Manejo Florestal, para produção das caixas de papelão para transporte dos produtos

Sabão TopMax (marca própria Walmart)
• Utilização de 20% de óleo de cozinha reciclado, coletado por clientes, funcionários e parceiros, para a fabricação do produto
• Oferecimento de um produto mais sustentável e com preço 20% menor para o consumidor
• Conscientização e engajamento de clientes, funcionários e parceiros para a separação e destinação correta de resíduos de óleo de cozinha
• Criação de um processo de logística reversa para os resíduos de óleo de cozinha coletados nas lojas participantes
• Aumento na disponibilidade de pontos de coleta de resíduos de óleo vegetal nas lojas Walmart

Óleo Liza (Cargill)
• Redução de 26% no consumo de água na fabricação do produto
• 18% de redução no consumo de energia elétrica na produção das garrafas plásticas
• 35% de redução na quilometragem rodada por caminhões para o transporte de produtos até os centros de distribuição do Walmart Brasil por meio da otimização de viagens
• Redução de 56% no consumo de combustíveis fósseis por meio da troca de parte da matriz energética de petróleo para biomassa de origem controlada
• Uso de matéria-prima certificada pelo FSC -Conselho Brasileiro de Manejo Florestal e Cerflor - Programa Brasileiro de Certificação Florestal, na produção das caixas de papelão dos produtos finais
• Redução total de 40% nas emissões de gases de efeito estufa

Pinho Sol (Colgate-Palmolive)
• Redução de 17% do consumo de material plástico na embalagem do produto
• Embalagens com material PET 100% reciclado, sendo 90% pós-consumo e 10% pré-consumo
• Reuso de 3% de água no processo produtivo
• Redução de 6% no consumo de energia para o processo produtivo
• Utilização de 45% de papelão reciclado pós-consumo para a produção das caixas de transporte resultando em uma economia 416 toneladas de matéria-prima virgem por ano
• 100% de utilização de papel certificado pelo FSC - Conselho Brasileiro de Manejo Florestal, para a produção dos rótulos do produto

Band-Aid (Johnson & Johnson)
• Redução de 18% no uso de matérias-primas para a embalagem
• Utilização de 30% de matéria-prima reciclada pós-consumo na embalagem do produto, representando uma economia de mais de 32 milhões de embalagens que utilizariam matéria-prima virgem para sua produção
• Utilização de 40% de matéria-prima reciclada pós-consumo na caixa de transporte do produto, representando um ganho equivalente a 1,8 milhões de caixas de papelão para transporte
• Redução de 2.038 toneladas por ano de material em perdas no processo de produção
• Redução de 11.600 km em transporte de containers de produtos no Brasil e América Latina devido a redução da embalagem
• Redução das emissões de CO2 devido ao menor uso de energia no processo e transporte e à menor quantidade de resíduo de celulose no pós-consumo pela degradação nos aterros

Amaciante Confort Concentrado (Unilever)
• 63% de redução do consumo de papel na caixa de papelão utilizada no transporte e distribuição do produto
• 37% de redução do consumo de plástico para a produção da embalagem
• Redução no consumo de energia para produção e transporte de produto
• Redução no uso de água na formulação do produto
• 37% de redução da quantidade de resíduo sólido no pós-consumo

Pampers Total Confort (Procter & Gamble)
• Redução de 30% no uso de polpa de celulose na fralda, que tem maior capacidade de absorção
• Redução de 7,5% no volume pela compactação da embalagem e do produto
• Redução de 7% no peso total da fralda resultando em menor geração de resíduos pós-consumo
• Aumento de 25% na eficiência do transporte do produto por sua compactação
• Redução de 09% no consumo de energia utilizada na produção do produto
• 10% de redução das emissões de CO2 (devido ao menor uso de energia no processo e transporte)

Água Pureza Vital (Nestlé)
• Redução do consumo de material plástico utilizado nas garrafas de água sem gás sendo: 36% de redução na massa das tampas das garrafas 25% de redução nas garrafas de 300ml, 3% nas garrafas de 510 ml e 1,5 litros
• Redução do consumo de material plástico utilizado nas garrafas de água com gás, sendo 25% de redução na massa das tampas das garrafas 25% de redução nas garrafas de 300 ml; 22% de redução nas garrafas de 510 ml; e 19% na redução das garrafas de 1,5 litros
• Redução no consumo de água, de 26% em São Lourenço e 51% em Petrópolis
• Redução de consumo de energia, de 9% em São Lourenço
• Garrafas de Pureza Vital e Petrópolis sem pigmento, facilitando a reciclagem e agregando valor na cadeia pós-consumo
• Uso do braile nas garrafas para que possam ser identificadas por consumidores com necessidades especiais

Fonte: Instituto Akatu
www.akatu.org.br

 
 
wwf
 

imprimir