greenlife
greenlife

ÁGUA | CONSUMO CONSCIENTE

Por Unit Team
Fotos Divulgação

A maior parte da água doce existente no mundo está concentrada em apenas 19 países e o Brasil é uma das nações privilegiadas, pois possui 13,7% da água doce do planeta, embora sofra com o problema de concentração dos mananciais: 70% do recurso estão na região Norte. O consumo de água, em nosso país, divide-se da seguinte forma: 59% destinados à agricultura, 22% em uso doméstico e 19% em uso industrial. No item que está ligado diretamente a nós consumidores, o uso doméstico, boa parte do desperdício, em nosso país, concentra-se nos vazamentos escondidos, descargas solta ou antigas e na falta de racionalização do uso. Já a poluição ambiental é um dos principais fatores que colaboram com a degradação dos recursos hídricos no Brasil. O adensamento populacional, aliado à ocupação desordenada, faz com que o serviço de distribuição de água potável torne-se uma tarefa desafiadora para o poder público nas grandes cidades do Brasil. Além disso, o problema no processo de urbanização reflete-se diretamente na qualidade da água dos mananciais que abastecem as cidades. Ou seja, além do tratamento de água, torna-se fundamental o desenvolvimento de novas técnicas de captura da água bruta e um intenso programa social de conscientização ambiental da população.

greenlife

greenlife

greenlife

Faça sua parte:
No banheiro | Regule torneiras e descargas. Conserte os vazamentos assim que forem notados; feche a torneira enquanto escova os dentes. Se enxaguar a boca com um copo d’água, conseguirá economizar mais de 11,5 litros de água (casa) e 79 litros (apartamento). Economize água colocando um tampão na pia e fazendo do lavatório um tanquinho, enquanto faz a barba, por exemplo. Detalhe: ao fazer a barba em cinco minutos, com a torneira meio aberta, pode-se chegar a gastar 12 litros de água (casa) e 80 litros (apartamento); Procure não tomar banho demorado. Cinco minutos no chuveiro são suficientes para um bom banho. Coloque um balde embaixo do chuveiro para armazenar a água enquanto esquenta. Assim, ela pode ser utilizada para outras atividades da casa, como colocar a roupa de molho ou lavar a louça; Não use a privada como lixeira ou cinzeiro. Não jogue papel higiênico, absorvente, ponta de cigarro, preservativo, gilete, pó de café, restos de comida, cascas de frutas, legumes, óleo e qualquer outro tipo de detrito. Nunca acione a descarga à toa, pois ela gasta muita água.
Na cozinha | Ao lavar a louça, ensaboe tudo o que tem que ser lavado e, depois, abra a torneira novamente para enxágue. Só ligue a máquina de lavar louça quando ela estiver cheia. Na higienização de frutas e legumes, utilize cloro ou água sanitária de uso geral (uma colher para um litro de água, por 15 minutos). Depois, coloque duas colheres de sopa de vinagre em um litro de água e deixe por mais 10 minutos, economizando o máximo de água possível.

Na Lavanderia | Junte bastante roupa suja antes de ligar a máquina ou usar o tanque. Não lave uma peça por vez. Procure usar a máquina, no máximo, três vezes por semana. Se as roupas são lavadas no tanque, deixe-as de molho e use a mesma água para esfregar e ensaboar. Use água nova apenas no enxágue. Aproveite esta última água para lavar o quintal ou a área de serviço. Reuse a água do tanque para lavar carros e calçadas ou use, para estes casos, um balde.
No jardim | Confira seu relógio de água (o hidrômetro). Faça um teste fechando todas as torneiras, desligando os aparelhos que usam água e não utilize os sanitários. Anote o número que aparece ou marque a posição do ponteiro maior do seu hidrômetro. Depois de uma hora, verifique se o número mudou ou se o ponteiro se movimentou. Se isso aconteceu, há algum vazamento em sua casa. Use um regador para molhar as plantas ao invés de utilizar a mangueira. Não fique horas lavando a calçada com água potável. Se você tem piscina de tamanho médio exposta ao sol e ação do vento, saiba que ela perde, aproximadamente, 3.780 litros de água por mês por evaporação, o suficiente para suprir as necessidades de água potável de uma família de quatro pessoas por cerca de um ano e meio, considerando o consumo médio de dois litros/habitante/dia. Com uma cobertura (encerado, material plástico), a perda é reduzida para 90%.

Caixa d’água | Mantenha sua caixa d’água limpa, ela deve ser lavada, pelo menos, a cada seis meses.
Vazamentos | Consertos de vazamentos na rua são de responsabilidade da Estação de Tratamento de Água de sua cidade. Se você constatar um, acione a instituição responsável em seu município. Consertos de vazamentos dentro de casa são de responsabilidade do morador, que deve consertá-lo rapidamente. Segundo a Sabesp, um pequeno buraco de dois milímetros no encanamento desperdiça até 3.200 litros de água em um dia. Quanto mais rápido você fizer isso, menor será seu prejuízo.

 
 
wwf
 

imprimir