cinema
health

ACNE TAMBÉM PODE SER PROBLEMA DE ADULTO

Por Dra. Raquel Ginez / Fisioterapeuta
Fotos Divulgação

A acne é um problema que está, na maioria das vezes, relacionado aos adolescentes. Mas, mesmo que isso seja verdade, adultos também podem sofrer com ela. De acordo com a Dra. Raquel Ginez, fisioterapeuta especializada em dermatologia-funcional do SPA MED Sorocaba Campus, a acne é uma condição inflamatória da pele, caracterizada por um distúrbio multifatorial, que afeta a unidade pilossebácea.
A acne se localiza, predominantemente, na face, região peitoral e dorso. Sua causa, segundo a médica, consiste na conjunção de seborreia, hiperceratose do ostio folicular, aumento da população propionibacterium acnes e reação inflamatória provocada pela interação desses elementos.

A médica ainda explica que é um doença dermatológica mais comum entre os adolescentes, afetando, aproximadamente, 80% dos jovens entre 12 e 16 anos. Mas também podem afetar os adultos. “Como na adolescência, a causa principal na vida adulta é o desequilíbrio hormonal, gera um excesso na produção de sebo que acaba por obstruir a abertura do folículo pilossebáceo e dilatar a glândula, dando origem ao comedão aberto ou fechado. Os comedões favorecem a proliferação de microrganismos, provocando a inflamação”, esclarece a médica.

Maquiagens e cremes também podem ser um fator desencadeante da acne. “A escolha da maquiagem e cremes são de suma importância, pois não podem causar oleosidade na pele. A maquiagem pode ser utilizada, mas a dica é sempre retirá-la muito bem, reequilibrando o pH de sua pele. E nunca se deve dormir de maquiagem”, diz a doutora.
Quanto ao fato de alguns alimentos poderem causar acne, a Dra. Raquel Ginez afirma que a influência da alimentação é raramente observada. “Em relação à alimentação, existe o conceito entre os leigos de que alguns alimentos agravariam a acne, como chocolate e alimentos gordurosos. Porém, não podemos ignorar totalmente o senso comum e como chocolates e alimentos gordurosos em excesso são prejudiciais. Vale, então, a lei do equilíbrio”, afirma.

Mesmo assim, a acne pode ser um sinal de que algo não vai bem no organismo. Problemas como desequilíbrios hormonais e fatores emocionais também podem atuar como agravantes para o aparecimento da inflamação.

 
 
 
imprimir