cinema

SER MÃE APÓS OS 40 ANOS É SEGURO?

Por Unit Team
Fotos Divulgação

Já é de conhecimento da população mundial que a gravidez em mulheres com 40 anos ou mais é arriscada e merece cuidados especiais. O que não se sabia é que os bebês nascidos dessas mulheres eram, por vezes, mais saudáveis e mais bem “cuidados” do que aqueles nascidos de mães mais jovens. Vale frisar que esta não é uma tentativa de justificar o fato de querer engravidar após os quarenta. O que a pesquisa realizada na Grã Bretanha verificou é que os bebês nascidos de mães mais velhas, quase não sofriam acidentes até os cinco anos de idade, tinham todas as vacinas em dia e quase não eram internados em hospitais por causas graves.
A gravidez continua sendo de risco após uma certa idade para a mulher, até mesmo porque os óvulos já estão de certa forma “envelhecidos”, mas isso não impossibilita que uma mulher com essa idade possa ter uma gestação saudável e dar a luz a um bebê tão saudável quanto.
O que também pôde ser verificado com esse estudo é que esses bebês de mães mais velhas apresentam maior facilidade para ganhar peso e essa condição foi atribuída ao fato de que suas respectivas mães passam essa influência de índice corporal justamente devido à idade mais avançada, em comparação com mães mais jovens.
As mulheres quando ficam mais velhas e se tornam mães, geralmente, tomam muito mais cuidados, até mesmo porque contam com uma experiência de vida mais intensa. Estão mais estabilizadas no trabalho e financeiramente. Desta forma, podem até favorecer os cuidados frequentes com o filho, levando-o regularmente ao pediatra.
E independente da idade, é indispensável o acompanhamento médico por toda a gestação, tomando todos os cuidados e precauções, para que tudo ocorra bem no parto e que o bebê venha com muita saúde!

Fonte: www.mundohoje.com.br

 

 
 
 
imprimir