cinema
fibras

 

A IMPORTÂNCIA DAS FIBRAS DIETÉTICAS
Por: Luiz de Bragança Soares CRN 12210
Fotos: Divulgação

A fibra dietética é um conjunto de substâncias de origem vegetal não digeríveis pelas enzimas humanas, mas em alguns casos susceptíveis de serem hidrolisadas pelas bactérias do cólon. As fibras são de 2 tipos : insolúveis e solúveis. O consumo de fibras insolúveis aumenta o bolo fecal, reduzindo seu tempo de permanência no intestino grosso, previne o câncer de cólon e diminui a absorção do colesterol. As fibras solúveis também diminuem a reabsorção do colesterol e provocam o aumento da saciedade, diminuindo a ingestão de alimentos e prevenindo a obesidade.

fibras

A alimentação moderna excluiu de forma significativa as fibras através do processamento excessivo dos alimentos ou pelo consumo cada vez menor de frutas e verduras. O resultado deste comportamento tem sido evidenciado no aumento de doenças do sistema digestório. É grande a relação entre o baixo consumo de fibra dietética e a incidência de enfermidades gastrointestinais. O consumo em torno de 30g de fibras por dia evita o surgimento de enfermidades como a constipação crônica, diverticulose, cólon irritável , além de grande incidência e mortalidade pelo câncer colorretal. As principais fontes de fibras são os cereais integrais (centeio – aveia –arroz - trigo) , frutas frescas com casca e bagaço (maçã – laranja – ameixa) , frutas secas (ameixa – figo – castanhas em geral) , vegetais folhosos (agrião – espinafre – rúcula) , leguminosas (feijão – ervilhas – lentilhas) e os farelos de trigo e aveia. Estes últimos apresentam maior concentração de fibras , chegando a constituir quase 50% do total do peso do alimento.

Em casos mais sérios de constipação intestinal estes alimentos devem ser acrescentados a receitas tradicionais, pois certamente concorrerão para o aumento do trânsito e da motilidade intestinal, evitando os desagradáveis efeitos e sintomas da constipação .

 

 
 
 
imprimir