pet
pet

PULGAS

Por Renata Scarpa
Fotos Divulgação

Seu pet está se coçando desesperadamente? Irritado, infeliz?
Pois é... Nesta época do ano em que as condições de temperatura e umidade são ideais para a proliferação das pulgas, é a hora de declarar guerra a elas!
Lembrando de que, além do desconforto, elas podem causar reação alérgica em animais mais sensíveis e, até mesmo, transmitir doenças e parasitas.
A pulga é um inseto artrópode hematófago, isto é, que vive à custa de outro animal, alimentando-se do seu sangue.
Dois dias após o cruzamento, elas põem os ovos (cerca de 20 por dia), que, em 7 dias, transformam-se na pulga adulta. Todo este ciclo de reprodução dura, em média, 15 dias, mas as larvas podem ficar latentes até um ano se não encontrar nenhum hospedeiro. Estima-se que, no fim da sua vida reprodutora, uma só pulga tenha posto em média 1.500 ovos.
Em vista disto, temos que eliminar as pulgas dos animais e, principalmente, dos ambientes, além de prevenir a reinfestação.
Mas cuidado! O inimigo é rápido!

pet

pet

Com um aspirador de pó, limpe a área interna da casa, como tapetes, sofás e almofadas (sugiro colocar algum talco inseticida dentro do saco do aspirador ou usar aspirador que tem água no reservatório). Dedetize os ambientes com produtos veterinários específicos (principalmente nos vãos e rodapés), repita esta operação semanalmente por 1 mês. Deixe agir e  limpe o ambiente conforme explicado na bula do produto. “Nunca deixe nenhum animal no ambiente durante ou após a aplicação”.
Dedetize a área externa com produtos biodegradáveis.
Nos animais, o ideal é colocar antipulgas do tipo spot on (líquido que vem em uma ampola para ser colocado na cernelha do animal) mensalmente. Pergunte ao veterinário qual deles é o mais indicado.

pet

Revolution 12%: A Selamectina, que é o princípio ativo do Revolution 12%, atua nos canais de cloro, fazendo com que os íons de cloro movimentem-se na célula nervosa, resultando em uma mudança na carga do neurônio que bloqueia o estímulo que está sendo transmitido. O sinal sendo bloqueado, o neurônio não pode estimular a célula muscular. Como não há mensagens informando ao músculo para que se mova, o parasita é paralisado e, finalmente, morto;

Advantage ou Advocate ou Max3: Produtos da Bayer que atuam no sistema nervoso da pulga. Matam pelo contato, já que não é absorvido pelo organismo do animal. É repelente e inseticida;
Frontline: Semelhante ao Advantage, pode ser usado em filhotes com mais de 8 semanas, cães e gatos. Também só mata a forma adulta da pulga;.

Program: É um anticoncepcional para pulgas, a base de lufenuron ataca as pulgas no seu estágio jovem, impedindo o seu desenvolvimento e amadurecimento. O Lufenuron é um inibidor da quitina, substância formadora do corpo e ovos dos insetos. Não faz mal aos animais, porque não é absorvido pelo seu organismo e também porque mamíferos não utilizam quitina.

As pulgas de cachorros mordem a gente também?
Existem vários tipos de pulgas, mas as que nos interessam, particularmente, aqui, para a nossa análise, são três:
Pulex irritans, a pulga doméstica que parasita preferencialmente o homem;
Xenopsylla cheopis, a pulga que parasita o rato dos esgotos (ratazana) e é capaz de transmitir ao homem a terrível Peste Bubônica;
Ctenocephalides canis e Ctenocephalides felix, classificadas assim por parasitarem preferencialmente, respectivamente, cães e gatos.
Cada uma delas procura o seu hospedeiro preferido, porém, isto acontece quando o animal ou o ambiente está muito infestado ou quando o animal sai de casa por um período de tempo. Nesse caso, a pulga, precisando alimentar-se e não tendo a presença do hospedeiro, acaba subindo nas pessoas.

renata@scarpa.com.br

 
UNITYOU
 
pet

enviar