pet
pet

DENTRO DE CASA, O GATO ESTARÁ SEMPRE SEGURO?

Por Renata Scarpa
Fotos Divulgação

Já ouvimos falar que os gatos tem 7 vidas, mas a realidade é que devemos sempre estar atentos aos riscos pois é comum gatos morrerem, ficarem doentes ou feridos devido a acidentes em casa. Apesar de considerados mais independentes que os cães, eles também precisam de cuidados e atenção durante toda sua vida, que pode durar mais de 15 anos.
Um cuidado que deve ser tomado sempre que tiver um bichinho de estimação é se informar sobre as plantas que você tem em casa, pois existe uma variedade muito grande de plantas tóxicas. Outra coisa importante é sempre consultar o seu veterinário antes de dar qualquer remédio para o seu gato, pois alguns medicamentos normalmente utilizados por nós, dentre eles o paracetamol (ingestão de 50 a 60 mg de paracetamol por kg num gato pode ser fatal) e a aspirina são tóxicos, podendo ser até mortais.
Os gatos adoram explorar o desconhecido, tem até um ditado que diz: “ A curiosidade matou o gato”, e esta curiosidade é que coloca a vida deles em risco, portanto, devemos tentar, ao máximo, minimizar os riscos, tomando algumas precauções. Se você mora em apartamento, saiba que os gatos adoram ficar no parapeito das janelas olhando pra fora. Por distração, podem escorregar ou, até mesmo, pular da janela atrás de um pássaro ou de uma borboleta que passa voando, coloque telas de proteção nessas.

pet

pet

pet

Gatos adoram lugares escuros e quentinhos, esteja sempre atento, pois gostam de se esconder dentro da lavadora ou secadora de roupas, no motor do carro, perto do fogão, baús, gavetas, etc. Brinquedos com cordas, lã e barbante só devem ser usados sob a sua supervisão e nunca devem ser deixados em lugares aonde os gatos possam pegá-los sozinhos. Além dos perigos de asfixia e obstrução intestinal, o gato que fica emaranhado com barbante ou lã pode entrar em pânico e se machucar. Verifique se a fiação elétrica está fora do alcance, é comum um filhote roer ou mastigar fios elétricos e telefônicos.
Tenha certeza de que os produtos de limpeza domésticos estão bem guardados e fora do alcance de seu gato. Desinfetantes podem ser um perigo mortal e não devem ser usados nas áreas ocupadas pelo animal. Nunca utilize sprays inseticidas quando ele estiver por perto. Gatos vivem se lambendo para higienização e tudo que ficar aderido ao pelo, provavelmente, será ingerido acidentalmente.
Outro grande perigo são as cercas elétricas que, se seguirem os padrões da lei, são pulsantes, ou seja, geram um impulso que repele a pessoa ou animal que toda nelas. É mais um susto, dolorido, mas um susto. Agora, infelizmente, a maioria das cercas eletrificadas do país está em desacordo com a legislação e faz com que todos que toquem nela fiquem "presos", recebendo a energia em seus corpos e sofrendo várias queimaduras. Nesse último caso, o gato não sobreviveria. E tem mais: mesmo que a cerca esteja regularizada, seu gato pode se assustar e cair do telhado, o que também pode ser bem sério...

Devemos, como donos responsáveis, estar sempre atentos aos pequenos pormenores da vida doméstica, que podem fazer a diferença na vida do seu bichano.

 

renata@scarpa.com.br

 
UNITYOU
 
pet

enviar