pet
pet

LATIDOS | ENTENDA O SEU CÃO

Por Renata Scarpa
Fotos Divulgação

Que os cachorros latem todos sabem, afinal latir é uma forma natural de expressão. Da mesma forma que os seres humanos se comunicam falando e com movimentos do corpo, os cachorros também deixam seu recado através da sua linguagem, ou seja, os latidos.

Existem circunstâncias que contribuem para o excesso de latidos, como:

1. O cachorro quer emitir um alerta ou aviso 
2. Viu ou ouviu outro cachorro latindo
3. Quando se sente sozinho ou ansioso
4. Quer brincar com você
5. Quer chamar a atenção 
6. Está com fome ou medo

pet

pet

Embora algumas raças tenham maior tendência a latir devido a influências genéticas, podemos perceber que a maioria dos latidos excessivos é um comportamento diretamente influenciado pelos donos que acabam condicionando os seus cachorros a latir, principalmente para conseguirem o que desejam.
Existem raças mais propensas a latir e outras que quase não latem. Se latidos são particularmente irritantes para você, procure adquirir um cachorro de uma raça que seja conhecida por ser silenciosa. Os cães que menos latem tendem a ser aqueles que são mais contidos e introvertidos como os Husky Siberianos, Chow-Chows, Basenjis, Akitas, Terranovas, Buldogues Inglês e Francês, Bloodhounds, Pugs e Shih-Tzus.

É claro que os latidos aparentemente estão relacionados, ao menos em parte, com uma personalidade extrovertida e exuberante. Então se você gosta de cães extrovertidos lembre-se que são latidores. As raças mais barulhentas são muitos do grupo dos Terrier ( Yorkshire, West Highland, Cairn, Terrier Brasileiro), do grupo Toy ( Poodle, Chihuahua, Pincher), Pastor Alemão, Doberman, Schnauzer, Pastor de Shetland e Setter Irlandês,

Todo mundo, pelo menos um dia na vida, teve vontade de matar o cachorro do vizinho que passou a noite toda latindo que nem um louco. Treinar o cão para não latir demais sem motivo exige algum tempo, dedicação e paciência, mas o resultado vale a pena para todos, inclusive para o próprio cão. Isso mesmo, educar o cão para não ser barulhento demais e não incomodar vizinhos é mais um dos aspectos da posse responsável.

renata@scarpa.com.br

 
UNITYOU
 
 

enviar